ANÁLISE DOS DESASTRES AMBIENTAIS NO RIO GRANDE DO SUL: DESFECHOS AMBIENTAIS, SOCIAIS, POLÍTICOS E JURÍDICOS DAS TRAGÉDIAS

Autor(es): Karine Borella , Bruno Silveira Rigon,
Orientador: Alexandre Cortez Fernandes
Quantidade de visulizações: 65

DESASTRES AMBIENTAIS NO RS:DESFECHOS AMBIENTAIS, SOCIAIS, POLÍTICOS E JURÍDICOS
O trabalho consiste em analisar os desastres ambientais sofridos no estado do Rio Grande do Sul no último ano (2023-2024). Justifica-se a presente investigação diante na necessidade social de proteger-se e informar-se sobre as possíveis causas e consequências das destruições ambientais. Como objetivo específico, a presente proposta busca analisar os principais geradores – naturais ou não – dos desastres ambientais, bem como mapear os resultados ambientais e sociais, investigando, de qualquer modo, a responsabilidade político-jurídica dos agentes. Como método de análise valemo-nos da pesquisa documental expedida por órgãos governamentais e artigos científicos, da mesma forma utilizamos a pesquisa audiovisual de reportagens com objetivo de ir na fonte primária sobre a questão em pauta. Também se vale de uma análise qualitativa dos depoimentos dos agentes envolvidos para realizar o mapeamento dos diferentes desfechos sociais. Objetiva-se, outrossim, investigar quais as principais consequências em âmbito ambiental, social, político e jurídico que os desastres ambientais trouxeram para os moradores do Rio Grande do Sul.

Palavras-chave: Desastres ambientais, Políticas públicas , Responsabilidade politico-jurídica