Análise da inovação tecnológica das empresas sob o ponto de vista dos trabalhadores

Autor(es): Caroline Peccin da Silva
Orientador: Janaina Macke
Quantidade de visulizações: 23

O presente estudo objetiva avaliar a percepção dos empregados em relação à adoção da tecnologia nos ambientes de trabalho. Foi aplicado um questionário, com 13 questões para 71 respondentes, na região da Serra Gaúcha. A pesquisa é de natureza quantitativa por meio de uma survey. A pesquisa aborda questões, como por exemplo, se a empresa incentiva o funcionário a ser criativo, qualidade do ambiente de trabalho, se a empresa frequentemente introduz novas ideias de produtos no processo de produção, e outros tópicos. A inovação tecnológica é o processo de combinar e reorganizar o conhecimento para gerar novas ideias. Em configurações de interdependência de tarefas, os funcionários precisam de cooperação, conhecimento, recursos e assistência de outros funcionários (Stark et al., 2014), e aqueles com a competência de TI estarão diretamente associados às atividades de compartilhamento de conhecimento (Geneviève Bassellier, Benbasat, & Reich, 2003; Choi, 2016). Devido à inovação por meio de tecnologias emergentes, a interdependência de tarefas é amplamente realizada por funcionários no local de trabalho (Fong, Men, Luo e Jia, 2018). Além disso, existem dois tipos de controles internos importantes associados à inovação tecnológica de uma empresa: controle de resultados e controle de processos (Li et al., 2005). Um dos tópicos do questionário, é sobre tecnologia, que conta com 9 construtos. Cada um deles, têm uma escala de avaliação que varia de 1 a 5, na qual o ponto 1 representa total discordância e o ponto 5, total concordância. Os resultados mostram que os respondentes concordam que a probabilidade de sucesso de novos produtos é alta.     

Palavras-chave: tecnologia, survey, Caxias do Sul