Caracterização dos Atores Sociais do Turismo na Serra Gaúcha

Autor(es): Giovana Mingot Scottá
Orientador: Pedro de Alcântara Bittencourt César
Quantidade de visulizações: 54

CARACTERIZAÇÃO DOS ATORES SOCIAIS DO TURISMO NA SERRA GAÚCHA
Esta pesquisa aborda a caracterização e a atuação dos sujeitos (agentes e ou atores sociais) do Turismo na Serra Gaúcha. A realização desta pesquisa inicia-se com o questionamento do grupo de pesquisa em compreender as forças dominantes e determinantes do planejamento turístico da região assim como o desenvolvimento territorial e espacial, pouco estudado no meio acadêmico. É de suma importância compreender a atuação desses sujeitos sociais no turismo da Serra Gaúcha para potencializar o setor, melhorar as rotas turísticas, criar novas rotas, movimentar a economia local e gerar trabalho e renda. Como objetivo geral, este projeto de pesquisa visa determinar os elos fortes e fracos no desenvolvimento do turismo da Serra Gaúcha, por meio da caracterização de outras atividades desses agentes ou atores, da apresentação do histórico do envolvimento social, da identificação dos interesses destes e do mapeamento da existência de núcleos de contato dos respectivos agentes. Neste projeto de pesquisa adota-se o método hipotético-dedutivo, que consiste, de maneira geral, na percepção de uma lacuna nos conhecimentos sobre a qual formula hipóteses e, pelo processo de inferência dedutiva, testa a predição da ocorrência de fenômenos abrangidos pela hipótese. Este estudo parte da premissa geral de que os elos fracos entre os atores sociais reprime a expansão do turismo na Serra Gaúcha. E torna-se mais particular ao analisar o histórico do envolvimento dos atores sociais do turismo na Serra Gaúcha, ao caracterizar outras atividades dos agentes, identificar os interesses dos atores e mapear a existência de núcleos de contato dos respectivos agentes. O presente trabalho tem uma abordagem qualitativa, pois engloba dois momentos distintos, o primeiro, a pesquisa, ou a coleta de dados, e o segundo, a análise e interpretação, ao procurar desvendar o significado destes dados levantados. Como técnicas de pesquisa serão utilizadas a documentação indireta, que abrange a pesquisa documental e bibliográfica, e a documentação direta, com o uso das técnicas de entrevista com atores escolhidos após a pesquisa de campo e a observação. Inicia-se com a realização de referencial bibliográfico acerca das questões a serem trabalhadas.

Palavras-chave: Serra Gaúcha, Turísmo, Atores Sociais