Representações do Insólito na Literatura de Autoria Feminina

Autor(es): Raíssa Moraes
Orientador: Cristina Loff Knapp
Quantidade de visulizações: 88

Representações do Insólito na Literatura de Autoria Feminina
O objetivo deste projeto é explorar a produção literária feminina de narrativas pertencentes à modalidade de literatura fantástica que, segundo Petrov (2016, p. 96), é “uma modalidade representativa, cujo elemento fundamental é a tematização de fenômenos sobrenaturais”. A investigação se dará por meio das considerações sobre o gênero fantástico feitas pelos teóricos Irène Bessière (1974), Tzvetan Todorov (1979), Filipe Furtado (1980) e David Roas (2014), e por meio da análise de textos literários que envolvam questões de gênero e do insólito. Os textos teóricos utilizados como base da pesquisa, em maior parte, remetem à ficção canônica de autoria masculina, portanto, é  necessário o desenvolvimento de material teórico mais específico. À vista disso, o propósito deste projeto consiste em promover um estudo sobre a literatura do insólito, na perspectiva dos estudos culturais de gênero, com a finalidade de evidenciar um aspecto pouco valorizado da escrita de autoria feminina, e de confirmar, ou não, a hipótese de que o insólito na perspectiva proposta pode apresentar aspectos teóricos originais.

Palavras-chave: Insólito Ficcional, Estudos Culturais de Gênero, Narrativas de Autoria Feminina