Agricultores enfrentam desafios no controle de pragas e doenças

Autor(es): Julia Seibt Rodrigues
Orientador: Marta Elisete Ventura da Motta
Quantidade de visulizações: 28

A cultura da soja possui grande importância para a rotatividade da economia do mundo. O Brasil destaca-se em  segundo maior produtor mundial de soja, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Porém, por se tratar de um dos itens mais exportados do Brasil, por possuir alta demanda no mercado internacional e por exigir dedicação na produção da colheita. Esta pesquisa tem o intuito de responder o problema de pesquisa: quais os principais desafios  enfrentados pelos produtores  do plantio a colheita? Para tanto, foi utilizada uma pesquisa qualitativa de caráter exploratório e descritivo, realizou-se entrevistas  com um agricultor e um técnico agropecuário. Estas foram analisadas por meio da análise de conteúdo e os resultados encontrados foram produzidos com o auxílio do referencial teórico. Os resultados mostram que para cada praga/doença existe um determinado agrotóxico. Pode-se  destacar que a ferrugem é considerada a principal praga da soja e os percevejos a principal praga existente, assim é de suma importância a presença de um técnico que acompanhe o agricultor na sua lavoura auxiliando para obtenção de melhores resultados na colheita. De acordo com (GODOY et al., 2016) a ferrugem asiática é uma doença causada por um fungo, sendo uma das principais doenças na cultura da soja, causando a desfolha da planta,  não deixando a formação de grãos, tendo como resultado a baixa produtividade.

Palavras-chave: Soja, Qualidade, Pragas e doenças