COMPORTAMENTO INOVADOR NA CADEIA PRODUTIVA DA UVA E VINHO – UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO DE 2000 A 2020

Autor(es): Gabriel Benato Tonietto
Orientador: Marta Elisete Ventura da Motta
Quantidade de visulizações: 28

Analisar a produção científica “Comportamento Inovador na base de dados Scopus.
Comportamento inovador tem importância para organizações nos últimos anos devido ao impacto dos desenvolvimentos e mudanças no mundo dos negócios (ESHLAGHY; MAATOF (2011). Estudiosos sugerem que o comportamento inovador contribui para o desempenho competitivo de uma organização (HULT; HURLEY; KNIGHT, 2004). Nesse aspecto, pesquisas têm mostrado relação positiva entre comportamento inovador e diferentes medidas de desempenho competitivo (LICHTENTHALER, 2016. Da mesma forma, estudos tem indicado que empresas inovadoras enfatizam técnicas de gestão, o que possibilita atingir níveis mais altos de desempenho (MARQUES et. al., 2015). A partir dessas premissas, o presente estudo teve por objetivo analisar a produção científica com o tema “Comportamento Inovador” na base de dados Scopus. A escolha desta base ocorreu pelo fato de ser a maior base de dados de resumos e citações científicas, contendo maior número de títulos e editores do que as demais bases. O estudo é delineado com abordagem quantitativa e qualitativa. Foi desenvolvido um estudo bibliométrico com o tema: “comportamento inovador”. A pesquisa na base de dados Scopus foi realizada entre os meses de março a julho de 2020, utilizando como termo de busca: “innovative and behavior”. A pesquisa resultou em 3.664 artigos no período de 2000 a 2020, constatou-se que o autor com mais publicações neste período foi Baranowski T.Show com 7 artigos. Ressalva-se a evolução de publicações sobre o tema que em 2000 ocorreram 8 artigos, em 2010 com 330 artigos apresentando um crescimento considerado relevante e em 2019 com 733 um crescimento de 45% em relação ao ano de 2010. Ainda dando continuidade na pesquisa com os termos “innovative and behavior and wine” com 10 documentos, a primeira publicação ocorreu no ano de 2004, depois foi 2006, ficou um lapso temporal sem publicações, ou seja, de 2007 a 2010, ressalva-se que ocorreram 2 publicações no ano de 2014, e ainda, com os termos da pesquisa “innovative and behavior and wine e grape” somente um documento publicado em 2015 no International Journal of Wine Research. Assim, pode-se concluir que o estudo é relevante, contemporâneo e que demonstra crescimento no período analisado. Constata-se pelos resultados que os pesquisadores ratificam a importância de pesquisar o comportamento inovador nas organizações, com essa prática é possível auferir melhor desempenho e na busca pela vantagem competitiva.

Palavras-chave: Comportamento Inovador, Uva, Vinho