Inovações pedagógicas e processos formativos

Autor(es): Laura Deves Alves
Orientador: Andréia Morés
Quantidade de visulizações: 30

Inovações pedagógicas e processos formativos
Esta pesquisa ancora-se no projeto matriz intitulado “Inovações pedagógicas e tecnológicas e suas articulações com os espaços educacionais (InovaEdu)”, vinculado ao Núcleo de Inovação e Desenvolvimento Observatório de Educação, da Universidade de Caxias do Sul. Tem como objetivo estudar os conceitos que embasam a inovação pedagógica e os processos formativos; investigar junto ao banco de dados da Biblioteca de Teses e Dissertações e rede Scielo, publicações sobre a formação docente na educação superior; construir e analisar dados metodológicos da pesquisa, adquiridos através de questionários e/ou grupo focal realizados com os participantes da presente investigação; e, posteriormente pretende mapear as inovações presentes no cotidiano educacional investigado e suas contribuições com os processos de ensino e aprendizagem e diagnosticar as dificuldades e os desafios encontrados para tecer inovações nos espaços educacionais. A metodologia utilizada para o desenvolvimento deste projeto contempla a abordagem qualitativa, com ênfase no estudo de caso, embasados em Bogdan e Biklen (2006) Yin (2015). A pesquisa ainda está em fase parcial de construção dos dados, nesse momento priorizamos a sistematização de estudos junto ao Banco de Dados da Biblioteca de Teses e Dissertações e rede Scielo. Posteriormente, a pesquisa prosseguirá com a construção empírica dos dados, contemplando a realização de questionário e/ou grupo focal. Para tratar acerca da inovação a pesquisa se desenvolve à luz de algumas teorias importantes sobre o tema. Podemos perceber que inovação e mudança são conceitos que se inserem em diferentes campos do conhecimento. Com esse pensamento lança o desafio para compreender a Inovação: a inovação não é um fim em si mesma, mas um meio para transformar os sistemas ducacionais. A inovação é antes um processo que um acontecimento. (Fullan, 2000). E, também, com relação a formação de professores, que o desenvolvimento profissional do professor necessita de condições que vão além das competências operativas e técnicas associadas a seu trabalho. Esse desenvolvimento envolve uma integração de conhecimentos, na busca de melhor formar alunos e a si mesmo. Essas aprendizagens básicas e iniciais deveriam ser propiciadas pelas licenciaturas, na graduação. (GATTI, 2014).

Palavras-chave: Inovação pedagógica, Processo formativo, Espaços educacionais