OBSERVAÇÃO TURÍSTICA E TERRITORIAL NA REGIÃO FUNCIONAL 3 DO RIO GRANDE DO SUL: VALIDAÇÃO DA METODOLOGIA DE MAPEAMENTO NO MUNICÍPIO DE ANTÔNIO PRADO. 

Autor(es): Laura Beatriz Curzel
Orientador: Michel Bregolin
Quantidade de visulizações: 25

OBSERVAÇÃO TURÍSTICA E TERRITORIAL:  MAPEAMENTO NO MUNICÍPIO DE  ANTÔNIO PRADO
A pesquisa vinculada ao NID ODITT (Observação, Desenvolvimento e Inteligência Turística e Territorial) tem como objetivo avaliar as condições existentes para a implantação de um sistema de monitoramento contínuo da atividade turística na Região Funcional 3 do Estado do Rio Grande do Sul (SCP, 2015). Com este propósito pretende mapear locais de interesse turístico desse território o qual abrange COREDES Serra, Hortênsias e Campos de Cima da Serra. Nesse sentido, prevê o uso da ferramenta My Maps do Google e de dados disponíveis nos sites das Prefeituras Municipais e de ferramentas online de planejamento de viagens (TripAdvisor/Booking) para a produção de mapas da oferta turística a partir da adaptação da hierarquia de organização de dados proposta pela metodologia INVTUR do Ministério do Turismo (MTUR. 2011). Visando testar a metodologia de mapeamento desenvolvida no NID ODITT foi realizada a aplicação desses procedimentos junto ao município de Antônio Prado (RS). Disso resultou a produção de mapas contendo planos de informação sobre a oferta turística local.  No momento a pesquisa segue avaliando fontes de dados complementares com potencial de utilização para um melhor conhecimento das ofertas turísticas locais e regionais.

Palavras-chave: Observação , Observatórios de Turismo, Inteligência Territorial