OBSERVAÇÃO TURÍSTICA E TERRITORIAL NO TERRITÓRIO CANDIDATO À GEOPARQUE CAMINHOS DOS CÂNIONS DO SUL

Autor(es): Thalia Ferreira Alves
Orientador: Michel Bregolin
Quantidade de visulizações: 24

A pesquisa, vinculada ao NID ODITT (Observação, Desenvolvimento e Inteligência Turística e Territorial), tem por objetivo avaliar as condições existentes para a implantação de um sistema de monitoramento contínuo da atividade turística em destinos brasileiros. Para isso, buscou mapear locais de interesse turístico no território candidato à Geoparque UNESCO Caminhos dos Cânions do Sul, que compreende sete municípios da Encosta Superior do Nordeste do Rio Grande do Sul e das planícies costeiras gaúcha e catarinense (CÂNIONS DO SUL, 2020).  Utilizando-se da ferramenta My Maps do Google e de dados disponíveis em sites das Prefeituras Municipais e de ferramentas online de planejamento de viagens (TripAdvisor/Booking) procedeu a organização dos planos de informação e dos mapas desse território a partir da adaptação da hierarquia de organização de dados da oferta turística do INVTUR (MTUR. 2011). Com a identificação dos locais de interesse e sua inserção nos planos de informação concluída, a pesquisa atualmente inventaria outras fontes de dados de órgãos oficiais municipais, estaduais e federais para avaliar seu potencial de aproveitamento para a composição de indicadores de gestão do turismo nos municípios envolvidos, bem como para a superação de algumas dificuldades encontradas na obtenção de dados de municípios de dois estados diferentes. Como resultados parciais, destaca-se a atuação na construção de manual de mapeamento padrão NID ODITT, o qual objetiva possibilitar a replicação da metodologia em outros destinos brasileiros. 

Palavras-chave: Observação, Observatórios de Turismo, Geoparque Caminhos Dos Cânions Do Sul