Prevalência do herpesvírus felino do tipo 1 (FHV-1) em gatos domésticos sintomáticos para a rinotraqueíte felina e seus aspectos epidemiológicos e clínicos

Autor(es): Juliete Bebber , Jéssica Gomes Maciel, Weslei Santana, Raquel Redaelli, Vagner Ricardo Lunge,
Orientador: André Felipe Streck
Quantidade de visulizações: 37

Prevalência do herpesvírus felino em gatos domésticos
O complexo respiratório felino, também conhecido como rinotraqueíte felina, é uma das doenças respiratórias mais prevalentes em gatos com ausência de protocolo vacinal e ou portadores de doenças imunocomprometedoras (FIV ou FeLV). Dentre os agentes etiológicos envolvidos nessa patologia estão: o herpesvírus felino (FHV-1), calicivírus felino, Micoplasma spp. e a Chlamydophila felis, cuja sintomatologia respiratória cursa em quadros de dispneia, secreções nasais e oculares e espirros, podendo evoluir para quadros graves de broncopneumonia. Neste estudo, o conteúdo nasal de quarenta e dois gatos, de raças, idades, protocolos vacinais distintos e com sintomas compatíveis com doenças do trato respiratório superior dos felinos, foram coletados e encaminhadas ao Laboratório de Diagnóstico em Medicina Veterinária da Universidade de Caxias do Sul para seu processamento. As amostras foram submetidas à extração de DNA por sílica, e após, realizada reação de PCR convencional, buscando amplificação de DNA viral de FHV. Os dados clínicos e os resultados encontrados foram planilhados e estabelecidas as relações epidemiológicas. Como resultados, verificou-se que 34 (80,95%) animais não possuíam raça definida (SRD), 24 animais (57,4 %) possuíam acesso a rua e 25 animais (54,76%) não possuíam histórico vacinal.  Dentre os sinais clínicos mais prevalentes, destacam-se o espirro, falta de apetite e secreção nasal. A PCR detectou a presença de FHV-1 em 11 felinos (26,19%), sendo que 5 (45,45%) destes apresentavam histórico vacinal contra o FHV-1.  Este estudo ainda em execução, também averiguará o envolvimento do calicivírus felino, Micoplasma spp., Chlamydophila felis e o atual SARS-CoV-2 nas doenças respiratórias de felinos.

Palavras-chave: FHV-1, Rinotraqueite felina, PCR